in

Como Meditar na Palavra de Deus

Geralmente, a meditação está associada às religiões orientais ou às práticas da Nova Era, mas também desempenha um papel importante na fé cristã. Uma das formas mais eficazes de meditação para os cristãos é se concentrar na Palavra de Deus; diferentemente de outras práticas meditativas que exigem “libertar” a mente, essa forma implica refletir profundamente na verdade de Deus e assimilá-la.

Defina “meditação” em um contexto cristão. Em um contexto secular, a meditação está associada à liberação da mente e ao relaxamento do corpo; meditar na Palavra de Deus, como qualquer outra forma de meditação cristã, implica focar e pensar profundamente sobre a verdade de Deus.

  • Considere as palavras que Deus disse a Josué em Josué 1: 8 (CEI 2008): “Não deixe o livro desta lei sair da sua boca, mas medite nele dia e noite, para observar e colocar em prática tudo o que está escrito lá; você trará seu caminho a uma conclusão bem-sucedida e terá sucesso “.
  • Embora este versículo tecnicamente se refira apenas ao que os cristãos consideram os cinco primeiros livros da Bíblia, você sempre pode aplicar o conceito à meditação em toda a Bíblia. Meditar na Palavra de Deus deve ser feito com freqüência, com o objetivo geral de aumentar a compreensão dela para aplicá-la à vida diária.

Medite em um versículo ou parágrafo. Geralmente, a maneira mais comum de meditar na Palavra de Deus é identificar um único versículo ou parágrafo da Bíblia para meditar; você terá que analisá-lo, analisá-lo cuidadosamente e explorar seu significado em um período dedicado.

  • Não existe uma escolha “errada”. No entanto, se você não tiver certeza, um bom ponto de partida é um verso do Novo Testamento, especialmente um dos quatro Evangelhos (de Matteo, Marco, Luca, Giovanni); quanto ao Antigo Testamento, o Livro dos Salmos e o Livro dos Provérbios também contêm excelentes versículos para meditar.

Aplique palavras à sua vida. Depois de entender a espessura e o significado da fase de meditação, você terá que agir. Faça uma análise de sua vida para determinar como você pode aplicar seu novo entendimento da Palavra de Deus a seus comportamentos e perspectivas, e faça as mudanças necessárias imediatamente..

  • Considere as palavras de Tiago 2:17 (CEI 2008), que diz: “Assim também a fé: se não for seguida por obras, estará morta em si mesma”.
  • As obras são um sinal de fé e entendimento. Meditar na Palavra de Deus é uma prática projetada para melhorar a fé e a compreensão; portanto, as obras devem ser um resultado natural da meditação eficaz.
  • Dito isto, não pense que uma única sessão de meditação de 30 minutos tornará mais fácil para você viver de acordo com a Palavra de Deus pelo resto de sua existência. A meditação é uma disciplina e, como tal, você precisará trabalhar regularmente e conscientemente para obter todos os seus benefícios.