in

Essas são as 5 partes do seu corpo que você não deve limpar todos os dias

Sabemos que uma boa limpeza é excelente para a saúde do corpo, mas não inteiramente. Estudos revelaram que existem partes do nosso corpo que não devem ser lavadas todos os dias,

Aqui estão algumas partes do corpo que não devem ser limpas todos os dias:

1. Ouvidos

A cera limpa nossos ouvidos, recolhendo a sujeira e os detritos e empurrando-os para fora. Limpe os ouvidos no máximo 2 vezes na semana, ao sair do chuveiro com uma toalha e evite colocar cotonetes ou dedos neles, pois isso pode causar problemas de audição ou infecção de ouvido.

2. Rosto

Você ainda deve lavar o rosto duas vezes ao dia, mas a limpeza profunda não deve fazer parte de sua rotina diária.

Esfoliar demais a pele pode ser muito prejudicial, pois pode secar a oleosidade natural da pele e causar erupções cutâneas.

Uma esfoliação uma ou duas vezes por semana para remover a pele morta é mais do que suficiente.

3. Intestinos

As “limpezas” de desintoxicação são uma perda de tempo e dinheiro. O corpo se desintoxica naturalmente por meio de suas ações no fígado, rins e cólon.

Os intestinos estão cheios de bactérias saudáveis ​​que ajudam a limpar o corpo e os produtos “desintoxicantes” podem perturbar a flora intestinal. Em vez disso, opte por uma dieta rica em fibras para beneficiar seu corpo, promovendo boas bactérias.

4. Nariz

Colocar o dedo no nariz cria pequenos arranhões e os germes se alimentam de sangue. Portanto, você pode aumentar a irritação dentro do nariz continuando a coçá-lo.

Se precisar limpá-lo, sopre uma narina de cada vez em um lenço de papel.

5. Vagina

A vagina é autolimpante, portanto, siga os princípios básicos do banho e evite qualquer solução agressiva de higiene pessoal.

A água pura geralmente é suficiente para limpar a vulva. Se quiser usar sabonete, certifique-se de que seja suave e sem perfume, para não afetar o pH e a flora vaginal.

Em caso de mau cheiro persistente, consulte um médico, pois isso pode ser decorrente de uma infecção por bactérias (vaginose) ou uma infecção por fungos.

Escrito por Paulo Freitas

Jornalista sempre em busca da informação, movido pelo universo curioso e antenado em temas de saúde.