in

6 principais causas do inchaço na barriga-a 3º é alarmante!

Sentir a barriga inchada, cheia de ar e tensa, geralmente acompanhada de flatulência e arrotos, pode acontecer com frequência com muitas pessoas.

Todos nós, conscientes ou não, produzimos grandes quantidades de gases todos os dias como resultado da digestão, dela parte é reabsorvida e parte é eliminada.

No entanto, nem todos os inchaços abdominais são iguais e existem várias causas que as vezes, não são fáceis de identificar.

Confira 6 principais causas do seu inchaço abdominal:

1. Excesso de gases

Como mencionado anteriormente, as causas de uma barriga inchada podem ser várias. Uma delas é a presença excessiva de gases que pode ser decorrente da ingestão de ar durante as refeições, principalmente se forem consumidas apressadamente.

O acúmulo de gases na barriga também pode ser causado por fenômenos de fermentação intestinal excessiva, que costumam ocorrer quando ingerimos legumes, álcool, laticínios, alimentos ricos em gorduras ou açúcares e bebidas carbonatadas.

2. Constipação crônica

Pessoas que sofrem de constipação crônica geralmente podem notar um inchaço na barriga. Aqueles que não evacuam regularmente ou têm dificuldade em expelir fezes duras, podem ficar com a barriga extremamente tensa e dolorida.

Pessoas com constipação crônica geralmente têm que beber muita água e consumir alimentos mais ricos em fibras e não muito refinados. Às vezes, há também uma predisposição da família para esse tipo de problema.

A atividade física também afeta positivamente o peristaltismo intestinal, diminuindo a constipação e melhorando o condicionamento físico.

3. Colite ulcerativa

A colite ulcerativa é um tipo de doença inflamatória que afeta o cólon e o reto. Ocorre inflamação da mucosa interna do cólon, com aparecimento de micro feridas que costumam sangrar.

Os sintomas da colite retal variam da formação de gás com flatulência e distensão abdominal com dor e, às vezes, pode ocorrer febre e desgaste físico. Normalmente, a cura consiste em dietas à base de probióticos e cortisona.

4. Doença de Crohn

A doença de Crohn pode afetar todo o sistema digestivo ou apenas o intestino. Neste último caso, gera dor e inchaço abdominais, com prisão de ventre e cólicas.

É tratada com dieta especial e medicamentos biológicos.

5. Intolerância alimentar

A intolerância alimentar pode estar causando o inchaço, quando está associada a outros sintomas como diarreia, prisão de ventre, náuseas e irritabilidade. As intolerâncias mais comuns são as intolerâncias ao glúten e à lactose.

Entre as intolerâncias ao glúten, a mais grave e crônica é a doença celíaca, que surge no nascimento ou na adolescência. A doença celíaca é mantida sob controle eliminando todos os alimentos que contêm glúten da dieta.

Já quem tem intolerância à lactose, que é o açúcar do leite, a elimina porque não consegue assimilá-la, pois falta ao organismo a enzima necessária para esse processo.

6. O estresse

Outra causa muito comum do inchaço da barriga é representada pelo estresse e pelo estilo de vida agitado, pois ocorre uma somatização que leva à tensão abdominal.

O estresse é definitivamente uma das causas mais comuns de barriga inchada, pois neste estado produzimos mais cortisol e adrenalina no corpo que geram sinais de alarme.

Quando somos alertados, a barriga tende a inchar, causando prisão de ventre, inchaço e dificuldade para digerir.

Obviamente, se o estresse se tornar crônico, você precisa evitar situações de ansiedade, alimentar-se melhor e exercitar o corpo.

Além disso, tente dormir melhor e experimentar algumas técnicas de relaxamento que ajudem a erradicar o estado de nervosismo.

Escrito por Paulo Freitas

Jornalista sempre em busca da informação, movido pelo universo curioso e antenado em temas de saúde.