in

5 maneiras pelas quais o café pode melhorar sua vida sexual

Existem muitos fatores que entram em jogo quando se trata de fazer um bom sexo, seja o aperfeiçoamento com a prática, com o tempo e com bons conselhos, embora também dependa da resistência e energia que você coloca nele, e é aí que o café pode ser uma ótima ferramenta para turbinar o seu desempenho sexual.

De acordo com especialistas, o café pode ser uma boa maneira de tratar o baixo desejo sexual, pois pode aumentar a excitação física e a resistência.

Aqui estão 5 maneiras pelas quais o café pode melhorar sua vida sexual, segundo a ciência:

1. O café pode reduzir a disfunção erétil

Quase um em cada dois homens após os 40 anos de idade ocasionalmente tem uma das formas de disfunção erétil; somente nos Estados Unidos, cerca de 30 milhões de homens sofrem de disfunção erétil (DE), no Brasil, 45% dos homens são afetados por problemas de ereção.

De acordo com um estudo conduzido na Universidade do Texas, os homens que bebiam de duas a três xícaras de café preto por dia tinham menos probabilidade de sofrer de disfunção erétil.

Além do aumento do fluxo sanguíneo, os resultados de um estudo conduzido pela American Heart Association, mostraram que a cafeína melhora a circulação sanguínea em até 30% em 75 minutos.

Uma xícara de café também deve aumentar os níveis de testosterona, um importante hormônio para o sexo.

2. A cafeína aumenta o desempenho físico

Um estudo de 2017 conduzido na Universidade de São Paulo descobriu que a cafeína tem um efeito positivo no desempenho atlético.

O teste foi feito com ciclistas, a diferença foi especialmente óbvia em comparação com o grupo que bebeu apenas água.

O efeito estimulante da cafeína no sistema nervoso central pode reduzir a sensação de fadiga, enquanto melhora a clareza e o foco, o que significa que os bebedores de café podem durar mais tempo no sexo.

Afinal, sexo é uma espécie de esporte de resistência, certo?

3. A cafeína reduz o estresse

O estresse tem um poder enorme e também afeta o desejo sexual e a saúde sexual como um todo. Mas controlar o estresse pode trazer mudanças positivas para aqueles que desejam sexo mais satisfatório.

O café pode ser uma forma de reduzir o estresse. Há evidências de que a cafeína pode aliviar os efeitos negativos do estresse crônico, se consumida com moderação, é claro.

Um estudo descobriu que existe até uma ligação entre o consumo de cafeína, a resistência à depressão e a perda de memória.

4. A cafeína reduz o risco de depressão

Pessoas que lutam contra a depressão também podem enfrentar problemas sexuais. Um estudo de 2018 encontrou uma ligação importante entre depressão, disfunção sexual e conceitos errôneos sobre sexo.

Outros estudos também mostraram que aqueles que tomam uma xícara de café por dia têm menos probabilidade de ficarem deprimidos.

Enquanto outras fontes de cafeína, como refrigerantes ou café com excesso de açúcar, estão associadas a um risco maior de depressão, uma xícara de café preto forte apresenta menos risco.

A moderação também é importante. Por outro lado, o excesso de cafeína pode intensificar a sensação de ansiedade e afetar negativamente o sono, que também é um dos sintomas da depressão.

5. Os bebedores de café se concentram mais

Não há nada melhor do que um amante atento e proativo e o café pode ser um truque para ajudá-lo a permanecer forte após reuniões longas e cansativas.

Um estudo publicado no Journal of Nutrition mostrou que a cafeína melhora as habilidades cognitivas, a memória verbal e a capacidade de concentração.

O café desperta o cérebro e ajuda no estado de alerta, tempo de reação e resistência mental, o que resulta em um melhor desempenho sexual.

No entanto, também deve-se ter cuidado para não exagerar no café para evitar possíveis efeitos colaterais, como inquietação, taquicardia ou dor de cabeça.

Uma pesquisa mostrou que não devemos consumir mais de 400 miligramas de cafeína por dia.

Escrito por Paulo Freitas

Jornalista sempre em busca da informação, movido pelo universo curioso e antenado em temas de saúde.