in

Drogas, emancipação e prostituição: Mariah Carey faz revelações chocantes sobre sua infância

Drogas, emancipação e prostituição: Mariah Carey faz revelações chocantes sobre sua infância

A autobiografia da cantora Mariah Carey, “The Meaning of Mariah Carey” (O significado de Mariah Carey), será lançada nesta terça-feira (29).

Como forma de promoção do livro, a voz de “We Belong Together”, tem realizado um verdadeiro tour em programas televisivos americanos, entre eles, o “The Oprah Conversation”, famoso talk show, comandado por Oprah Winfrey e disponível na plataforma de streaming Apple TV+.

No programa, a diva americana relembrou alguns episódios infelizes e chocantes de sua vida, principalmente de sua infância, todos inclusos em sua autobiografia.

Relação conturbada com seus irmãos

Segundo Mariah Carey, ela teria sofrido com seus irmãos e irmãs, em particular com sua irmã mais velha, Alison, que a teria drogado com Valium e cocaína, teria causado queimaduras terríveis e tentado vendê-la a um cafetão.

“Quando eu tinha 12 anos, minha irmã me drogou com Valium, me deu uma unha pequena cheia de cocaína, me deu uma queimadura de terceiro grau e tentou me vender para um cafetão”, declarou ela.

Durante a entrevista, a dona do hit “Obsessed”, explicou o que considerava ser a fonte da dor de seus irmãos.

“Nós nem nos conhecemos de verdade, não crescemos juntos, é assim mesmo. Como eles já tinham suas vidas quando eu vim ao mundo, já tinham sofrido danos, na minha opinião. Mas de novo, eu não estava lá. Eu estava abandonada neste mundo e eu literalmente me sentia como um estranho para minha própria família”, explicou ela a Oprah.

Com o coração pesado, Mariah Carey acrescentou: “Eles cresceram com a experiência de viver com um pai negro e uma mãe branca juntos como uma família e eu morava com minha mãe a maior parte do tempo que eles consideravam mais fácil, mas na realidade não era”,  afirmou a intérprete de “Hero”.

Durante a entrevista, Carey chamou seus irmãos de “ex-irmão e ex-irmã” e contou sobre sua mãe usar seu primeiro nome. Ela também acrescentou que Alison e Morgan foram extremamente cruéis com ela, mas ela observou que eles podem ter tido problemas naquela época.

“Eu nunca disse uma palavra ruim a ninguém sobre eles, mas para ser honesta, eles sugaram meu primeiro sangue. Espero que você entenda. Quando você alcança o sucesso, as pessoas estão de alguma forma conectadas a você, elas querem tirar vantagem disso. Você se torna um alvo, você fica vulnerável”, disse ela, lembrando que sua família se alimentava dela há anos, vendendo histórias de sua vida para tabloides.

Escândalo na família de Mariah Carey

Vale lembrar que no começo do ano, um verdadeiro escândalo girou em torno da família de Mariah Carey, quando sua irmã Alison Carey, acusou sua mãe, Patricia Hickey, de abuso sexual na infância.

Alison testemunhou que sua mãe permitia e encorajava outros homens, cujas identidades ela desconhecia, a se envolverem em atividades sexuais com ela, quando ela tinha 10 anos.

Alison disse em seu processo que foi por esse motivo que ela se prostituiu no passado e contraiu o HIV. Ela também acrescentou que sofre de estresse pós-traumático, depressão e é viciada em drogas.

A emancipação de Mariah Carey

Hoje mãe de dois filhos, Monroe e Maroccan Cannon, de 9 anos, Mariah se felicita por ter mudado sua vida e ter emancipado a menina triste da infância.

“Eu emancipei esta menina assustada. É hora de lhe dar voz, de deixá-la contar sua história exatamente como a viveu”, resumiu ela sobre sua autobiografia.

Summary
Drogas, emancipação e prostituição: Mariah Carey faz revelações chocantes sobre sua infância
Article Name
Drogas, emancipação e prostituição: Mariah Carey faz revelações chocantes sobre sua infância
Description
Em um programa televisivo, Mariah Carey abordou polêmicas vividas por ela na infância, que estão incluídas em sua autobiografia.
Publisher Name
Óbvio News

Escrito por Paulo Freitas

Jornalista sempre em busca da informação, movido pelo universo curioso e antenado em temas de saúde.