in

Coronavírus já avançou no Brasil

Coronavírus já avançou no Brasil

Coronavírus já avançou no Brasil? Quais são os sintomas do vírus da China? Tudo o que você precisa saber até aqui!

O novo coronavírus está se espalhando por todo o mundo. Cerca de 16 suspeitas já foram relatadas no Brasil e outros casos na Tailândia, Japão, Estados Unidos, França e Alemanha. Mas afinal o que é este tipo de vírus, quais são os seus sintomas?

Tudo o que você precisa saber sobre o Coronavírus:

O novo coronavírus (2019-nCoV) foi diagnosticado pela primeira vez na cidade chinesa de Wuhan, que possui cerca de 11 milhões de habitantes. Na última terça-feira (28), cientistas do Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), confirmaram oficialmente que a fonte do vírus era um mercado local.

Neste mercado, é possível comprar animais selvagens como; cobras, ratos, castores, raposas, lobos e pavões, que são mantidos em gaiolas e mortos a encomenda.

A primeira pessoa infectada com o vírus, consumiu carne comprada no mercado de Wuhan.

Todos os dias há novos relatórios sobre vítimas do vírus na China. A cidade de Wuhan e sua cidade vizinha Huanggang, foram isoladas do mundo.

Desde então, não há viagens em aeroportos, pessoas em restaurantes e os transportes públicos foram fechados. Tudo para impedir que o vírus se espalhe ainda mais e contamine mais pessoa ou animais.

No entanto, o coronavírus de Wuan já cruzou a China. Casos da doença foram relatados em um paciente nos Estados Unidos, mas até o momento sua vida não está em perigo. A presença do vírus na Europa já foi confirmada.

O Ministério de Saúde da França informou que duas pessoas foram detectadas com coronavírus 2019-nCoV. O coronavírus chinês também já chegou à Alemanha, sua presença foi diagnosticada em um paciente no estado Baviera.

O vírus já matou 304 chineses e infectou mais de 14,3 mil pessoas. Dois casos de infecção, na Alemanha e no Japão, foram encontrados em pessoas que não foram infectadas na China ou de uma pessoa que já havia estado na China.

A Organização Mundial da Saúde declarou na última quinta-feira (30), que os casos do coronavírus 2019 n-CoV são uma emergência de saúde pública internacional.

Ainda segundo a organização, 72% das pessoas diagnosticadas com o coronavírus, possuem faixa etária de 40 anos ou mais e 2/3 delas são homens.

Coronavírus Wuhan: quais são os seus sintomas?

O 2019-nCoV é um dos coronavírus, que atuam como patógenos que causam infecções do trato respiratório e digestivo em animais e humanos. Entre os coronavírus, também são distinguidos os conhecidos desde os anos 60, que ocasionam apenas um pequeno resfriado, que são os patógenos HCoV-229E e HcoV-OC43.

No entanto, os coronavírus também incluem doenças infecciosas humanas emergentes como; MERS (síndrome respiratória do Oriente Médio) e SARS (síndrome respiratória aguda grave), que podem ser mortalmente perigosas.

O coronavírus de Wuhan é semelhante à gripe e provoca os seguintes sintomas:

. Dor de cabeça;

. Tosse seca;

. Dor de garganta;

. Febre;

. Cansaço Extremo;

. Problemas respiratórios, como insuficiência respiratória e pneumonia.

Pessoas que possuem outros problemas de saúde como asma, diabetes e doenças cardiovasculares, são mais vulneráveis ao vírus.

Coronavírus Wuhan: como evitar a infecção?

Para evitar infecções, vale a pena desistir de viajar para a China pelos próximos meses. O que mais você pode fazer? Esta pergunta foi respondida por uma especialista da Organização Mundial da Saúde (OMS), Dra. Maria Van Kerkhove, do Departamento de Doenças Infecciosas Emergentes Humanas e Zoonoses:

“Recomendamos cuidados especiais de higiene, como lavar as mãos com água e sabão e também temos que ter cuidado quando espirramos, procurando espirrar ou tossir na dobra do cotovelo ou no lenço, evitando tocar o rosto”, declarou Kerkhove.

“Evite o contato desnecessário e potencialmente perigoso com animais vivos e lave bem as mãos após cada contato. Cuidado e precisão no cozimento da carne também são desejáveis. Não há tratamento específico especificamente associado aos coronovírus, mas você pode tratar os sintomas deles”, concluiu a especialista.

Em tempo, a ONG internacional Coalition for Epidemic Preparedness Innovations (CEPI), anunciou que começou a trabalhar em três vacinas para o coronavírus 2019-nCoV.

Casos de Coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde informou neste domingo (2), que o Brasil registra 16 casos suspeitos do novo coronavírus 2019 n-CoV, sendo que destes, nenhum caso foi confirmado.

Metade dos casos suspeitos foram registrados está São Paulo, 4 no Rio Grande do Sul, 2 em Santa Catarina e 1 no Ceará e Paraná.

O ministério já descartou outros 10 casos suspeitos em Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina.

Escrito por Marcelo Mendes

Desde muito cedo eu escrevo sobre tudo que acontece no mundo, curiosidades e o meu hobby principal. Eu adoro tudo sobre fatos desconhecidos e o mundo dos famosos, milhonarios e como gastam seus dinheiro.