in

Covid-19: Bolsonaro nega compra de vacina chinesa

Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro, utilizou sua página no Facebook nesta quarta-feira (21), para negar a informação de que o Brasil irá comprar doses da vacina contra o COVID-19, da empresa chinesa, Sinovac.

Bolsonaro, garantiu aos eleitores que o Brasil não compraria a vacina e anunciou ainda que o assunto seria esclarecido nesta quarta-feira.

A posição do presidente vai em oposição ao anúncio de ontem (20), do atual Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, de que o Brasil iria comprar 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa e produzida no país pelo Instituto Butantan.

O Ministério da Saúde havia informado que investiria R$ 1,9 bilhão na compra da vacina.

Vale lembrar que a vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, havia sido testada em milhares de voluntários em seis estados do país, incluindo o de São Paulo, o mais afetado pela pandemia.

 

Escrito por Paulo Freitas

Jornalista sempre em busca da informação, movido pelo universo curioso e antenado em temas de saúde.