in

Esses são os sinais de que você pode ter um ataque cardíaco mesmo sem saber- Cuidado com o 2º!

Esses são os sinais de que você pode ter um ataque cardíaco

Quando você imagina um ataque cardíaco, provavelmente está pensando em um homem segurando o peito, respirando com dificuldade e desmaiando.

Na realidade, também existem sinais que não reconheceríamos como um ataque cardíaco e não prestamos atenção suficiente a eles.

É muito importante conhecer os sinais que indicam que você pode ter um ataque cardíaco e tomar precauções pode salvar sua vida.

Os sinais de um enfarte são visíveis, mas ao mesmo tempo pode ser confundidos com outro desconforto, por isso você deve estar atento às sensações do seu corpo.

O ataque cardíaco

O infarto agudo do miocárdio é conhecido como ataque cardíaco. É a necrose de uma porção do músculo, isso acontece quando o fluxo sanguíneo em uma das artérias fica obstruído.

Segundo uma pesquisa dos Estados Unidos, 50% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco apresentaram sintomas um mês antes.

Portanto, esteja atento a esses sinais que podem indicar um ataque cardíaco:

1. Batimento cardíaco acelerado

Batimento cardíaco

O coração bate mais rápido para fornecer sangue aos órgãos, que transporta alimentos e oxigênio.

Com o batimento cardíaco muito acelerado, as atividades diárias, como passear com o cachorro ou subir e descer escadas, tornam-se extremamente exaustivas.

2. Dor no braço ou nas costas

Dor nas costas

Um ataque cardíaco pode começar com uma dor no peito que passa para a parte superior ou inferior das costas.

É especialmente importante ter cuidado se a dor vier do nada e você não puder conectá-la a uma articulação ou músculo específico e se o acordar no meio da noite.

3. Dor no peito

Dor no peito

O sinal provavelmente já é bem conhecido por você, pois é o primeiro que vem à mente neste diagnóstico.

Há um aperto bem próximo ao seu coração ou a sensação de que alguém está sentado em seu peito.

4. Dor no pescoço ou mandíbula

Dor no pescoço

Quando você tem um ataque cardíaco, pode sentir uma dor no pescoço ou entre os ombros que se espalha até a mandíbula.

Às vezes, há uma sensação de sufocação ou de queimação na garganta, semelhante à azia.

5. Desmaios e náuseas

Desmaio

Os desmaios e as náuseas são frequentemente acompanhados por falta de apetite e tonturas, isso ocorre porque seu coração não está bombeando a quantidade certa de oxigênio para o cérebro.

6. Distúrbios digestivos

Problemas Digestivos

O próximo sinal de alerta de um ataque cardíaco também pode ser a indigestão.

Então, se você não consumiu uma overdose de alimentos picantes e os problemas digestivos não vão embora em alguns dias, pode ser hora de ligar o alerta.

7. Distúrbios do sono

Distúrbios do sono

Um sinal de alerta de ataque cardíaco também é um distúrbio do sono ou uma mudança repentina nos hábitos de sono.

É sobre o seu subconsciente dizendo que algo está errado.

Então, se você acorda com frequência, tem que ir ao banheiro com frequência à noite, fica com sede o tempo todo e não tem explicação lógica para isso, procure um médico.

8. Fadiga incomum

Fadiga

Se você fica cansado o tempo todo, mesmo de manhã ao se levantar, mesmo que tenha dormido o suficiente, você precisará consultar um médico.

Afinal, a fadiga e cansaço extremo podem ser sinais de um ataque cardíaco.

9. Falta de ar

Falta de Ar

Se o coração recebe menos sangue, significa que os pulmões recebem menos oxigênio do que o normal.

Se você tiver dificuldade para respirar, isso pode ser um sinal de que algo está errado com seu coração.

10. Mãos pesadas

Mãos Pesadas

Se seu coração não está recebendo oxigênio suficiente, os nervos enviam impulsos para a coluna vertebral.

Os nervos que conectam o coração, a coluna e os braços enviam impulsos que podem causar dor nos braços.

Preste atenção às mãos dormentes, pesadas e fracas, elas podem ser sinais evidentes de um ataque cardíaco.

11. Tosse 

Tosse

A tosse pode ser um sinal de insuficiência cardíaca, no qual o sangue retorna aos pulmões, forçando uma tosse, às vezes acompanhada de chiado na inalação.

Compartilhe esse artigo em suas redes sociais, assim seus amigos ficarão informados sobre esses sinais de alerta.

Escrito por Paulo Freitas

Jornalista sempre em busca da informação, movido pelo universo curioso e antenado em temas de saúde.