in

8 tradições femininas que estão ficando cada vez mais ultrapassadas- A 8º precisa ser urgentemente abandonada!

Muitas dicas propagadas por nossas mães e avós ainda são relevantes hoje. A maioria delas é cuidadosamente preservada e transmitida às gerações subsequentes.

Ao mesmo tempo, existem tradições que são boas para apenas para filmes ou livros de história, porque são inegavelmente uma coisa do passado e já não cabem mais no mundo atual.

O fato de as mulheres sempre terem que usar salto alto ou que todas as roupas devam ser passadas são dois exemplos desses costumes ultrapassados ​​que devem ser abandonados.

8 tradições femininas que não servem mais para a atualidade:

1. Passar roupa sempre

Durante muito tempo, era costume passar todos os tipos de roupas, até meias ou roupas íntimas.

Felizmente, esse hábito acabou para a maioria das mulheres, e o ferro fica cada vez mais preso no armário.

As gerações mais jovens geralmente compram roupas que não precisam ser passadas. Eles simplesmente não querem perder seu tempo com essa atividade desnecessária e que gasta energia.

2. Pintar o cabelo grisalho

Assim que as mulheres percebem os primeiros fios de cabelo grisalhos em suas cabeças, correm logo para o cabelereiro recorrendo a tintura, para tirar esse efeito natural do envelhecimento.

Felizmente, as mentalidades estão mudando e cada vez mais mulheres aceitam e valorizam seus cabelos grisalhos.

E isso é bom, porque as tinturas constantes são prejudiciais ao corpo e podem até detonar o cabelo a longo prazo.

3. Sentir-se desconfortável comprando produtos de higiene íntima

A compra de produtos de higiene intima, principalmente os indicados para a menstruação, ainda são considerados tabus na modernidade.

As mulheres jovens, em particular, costumavam ter vergonha de comprar absorventes internos ou externos.

Hoje, felizmente, elas fazem isso de forma muito mais natural e não têm mais vergonha de comprar produtos voltados a higiene íntima em algum supermercado ou farmácia.

No entanto, aquelas que ainda se sentem um pouco desconfortáveis, ​​podem facilmente comprar produtos íntimos de forma online.

4. Guardar as roupas que você nunca usa no guarda-roupa

Deixar de lado roupas velhas é difícil para muitas pessoas. Mesmo que as roupas não caibam mais no corpo e estejam completamente fora de moda, a maioria se sente mal por ter gasto o dinheiro para comprá-las.

Frequentemente, dizem a si mesmas que as roupas ficarão bem com elas novamente em alguns anos ou que estarão na moda novamente.

No entanto, esse tipo de desordem no guarda-roupa só ocupa espaço desnecessário e pode até causar decepção ao tentar caber em roupas que ficaram muito pequenas ao longo dos anos.

Roupas que não foram usadas por mais de um ano devem ser doadas ou vendidas e retiradas do armário.

5. Usar sutiã mesmo em casa

Sutiãs são um eterno ponto de discórdia para muitas mulheres. Metade delas é a favor de não usar sutiã em casa, enquanto a outra metade apenas tira antes de ir para a cama.

Cada mulher deve decidir por si mesma se se sente mais confortável com ou sem sutiã. Não há evidências científicas de que seja melhor para os seios ou afete sua forma.

6. Sempre usar saltos altos

Sapatos de salto alto sempre foram um item obrigatório para todas as mulheres. Eles alongam as pernas e dão uma certa graça e estilo ao corpo feminino.

Mas hoje, esse tipo de sapato deixou de ser uma necessidade para muitas mulheres. Muitas nem se importam mais em usá-lo, visto que além dele fazer mal à saúde, não é nada confortável.

7. Usar um vestido novo apenas uma vez

Algumas roupas, como vestidos de baile, são compradas apenas para um evento e acabam entocados em um guarda roupa, mofando por anos.

Além de ser uma pena, não é de todo durável, já que essas roupas costumam custar muito dinheiro.

Se você sabe que só vai usar um vestido apenas para sair em uma única noite, é melhor pegar algum emprestado ou alugado.

8. Comprar alimentos em grandes quantidades

Comprar alimentos em grandes quantidades parece uma boa ideia à primeira vista, pois você vai ao supermercado com menos frequência e a comida costuma custar menos.

No entanto, nem sempre essa estratégia compensa, pois geralmente acabamos consumindo os produtos em maior quantidade.

Além disso, você precisa de muito espaço em sua cozinha, o que pode causar aquela dor de cabeça na hora de guardar os alimentos.

Outros dois motivos: você sempre come a mesma coisa e alguns alimentos perdem a validade antes de você poder consumi-los.

Então, melhor coisa é fazer compras uma vez por semana, se possível!

Escrito por Paulo Freitas

Jornalista sempre em busca da informação, movido pelo universo curioso e antenado em temas de saúde.